sábado, setembro 01, 2007


… Chegamos já era noite a Viena um bocado á maluca pois não tínhamos onde dormir, sabia que havia um Camping perto mas não sabia bem onde era . Depois tentar perguntar informações a alguém que pelo menos fala-se inglês e saídas de metros lá tivemos a Sorte de ver um grupo de Espanhóis que ao ver o nosso aspecto de mochilleiros nos indicaram que eles também estavam a fazer um interrail , apanhámos um Bus que não se pagava ( aliás em Viena ninguém paga transportes públicos ) Chegamos já era de madrugada não havia ninguém para controlar a nossa entrada …por isso decidimos montar a tenda e dar uma volta para ver se encontrávamos alguém. o Camping não era nada de especial ( depois de termos estado no de Veneza ) tinha um restaurante, bar, mercado , WC e cozinha comunitária, mas o que realmente queríamos era dormir . Ainda fiquei na conversa com os espanhóis (heheh decidimos comunicar em Inglês porque espanhol e português é parecido mas não é igual lololll ). O Ricardo foi dormir cedo enquanto eu fiquei a degustar as iguarias do buffet que estavam na Mesa ( foto escura) deu para relaxar , o sel ermanos tinham vindo de Holanda , Praga, estavam o ultimo dia em Viena e iam para Budapeste. Os rapazinhos eram porreiro e a menina muito comunicadora mas pronto tinham vindo de Amesterdão e estavam cheios de iguarias …fui buscar umas cervejas finalmente encontrei uma freak que me disse que não fazia mal ter acampado que de manha pagava ...pronto já chega vou dormir .



video

Acordámos cedo, a noite foi curta e barulhenta, com vizinhos campistas franceses a cantar a noite toda e o comboio que passava perto que não me deixou dormir .Fomos tratar de “legalizar “ a nossa tenda e lá partimos para o turismo .

Apanhámos um Bus “grátis” e lá fomos 20 minutos até ao centro da cidade . Áustria é tudo muito limpo, há flores em todos os canteiro e ruas que são de quilómetros , estava-se a preparar um dia de caminhada.

“ Primo , estou com fome ……”

Encontrámos um Café porreiro onde tinha uns bolos bastante agradáveis e relativamente barato e que o galão vinha com desenhos na espuma. Barriga cheia pronto para passear, o sol estava a saber bem por isso não íamos de metro para visitar os monumentos. Depois de uma boa hora a ver as diferenças em relação a Portugal com tanto civismos e organização, lá começamos a encontrar os Maravilhosos monumentos desta magnifica cidade de Viena. A Catedral de Sªº Estefano , a Igreja de SºPeter e o Palácio Belvedere são a não perder, mas há muito para ver, não é uma cidade para ver em 2 dias que era o tempo que tínhamos .





A manhã toda a ver cultura e pronto lá estava eu com fome outra vez ...



... Andámos um pouco para fora da zona principal ( e mais cara) e lá encontrámos um restaurante simpático e em conta . o meu primo pega no menu e fica a olhar ....estava tudo em Austríaco, nada em Inglês . Foi giro pedir á senhora muito simpática o que queríamos comer ( fomos mais pelos preços) ao Ricardo saiu uma salada com queijo bastante agradável e a mim duas pilas austríacas grelhadas com batatas salteada e uma couve ripada em vinagre.

Depois do almoço fomos dar mais um avolta e decidimos ir a Bratislava .....

1 Comments:

Blogger Rato do deserto said...

E fizeste tu muito bem em ir. Parece ter sido muito divertido. Agora, vamos lá a actualizar o blogue, Ruizol do tintol. um abraço e bom ano!

12:47 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home